Salvador recebe Dia D de combate ao Aedes aegypti nesta sexta (30)

0

A Prefeitura de Salvador promove o Dia D de combate ao Aedes em toda Salvador nesta sexta-feira (30), até as 14h. A estratégia acontece em todo o país e faz parte das ações do projeto “O perigo é para todos. O combate também. Faça sua parte. Com ações simples podemos combater o mosquito”. O objetivo é mobilizar a população no enfrentamento dos focos do inseto que transmite a dengue, a chinkungunya e o zika vírus.

Durante a ação, mais de 1.500 mil agentes de combate às endemias realizarão trabalho de contingência como inspeções em escolas, unidades de saúde, estações do metrô Acesso Norte e Brotas, hospitais públicos e privados, praças, terreiros de candomblés e terrenos que apresentam maior vulnerabilidade para infestação do mosquito. Os profissionais de saúde também prestarão orientações em pontos turísticos da capital, além de palestras educativas em diversas instituições de ensino no município.

O encerramento da semana de mobilização acontecerá na Escola Municipal Dalva Matos, na Rua Aterro do Joanes, s/n, comunidade Prainha do Lobato, às 9h, no bairro do Lobato. O local foi escolhido devido ao estado de risco constatado no último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) na região do Subúrbio Ferroviário.

Na ocasião, os alunos da instituição e população local poderão assistir gratuitamente a apresentação teatral “Entrevista com o mosquito”, que abordará de forma dinâmica a prevenção e controle do vetor. Na mesma comunidade, haverá uma exposição de estandes e um abraço coletivo em volta Praça Dalva Matos.

Arboviroses – Apesar da redução do indicador, Salvador permanece em estado de alerta para ocorrência de uma epidemia de dengue, zika vírus e chikungunya. De janeiro a outubro, a capital baiana registrou 1.310 casos prováveis de dengue, sendo 41 confirmados. Foram notificados ainda, 82 casos de chikungunya e 75 de zika, com confirmação de 11 e 18 casos, respectivamente.

Crédito: Bruno Concha/Secom