Prefeitura publica edital para obras do segundo trecho do BRT

0

Foi publicado na edição desta quarta (7) do Diário Oficial do Município o edital de licitação para a contratação da empresa que irá executar as obras do segundo trecho do BRT, entre a Estação da Lapa e o Parque da Cidade. Essa segunda etapa terá 7km de extensão, contemplando a construção de seis estações: quatro na Avenida Vasco da Gama e outras duas na Avenida Juracy Magalhães Júnior.

Além disso, estão previstos 6 km de ciclovia ao longo do trajeto, mais três elevados, sendo um na Rótula dos Barris, (fazendo a ligação com a Estação da Lapa), outro na Avenida Garibaldi (ligação com a Avenida Lucaia) e o terceiro nas imediações do Vale das Pedrinhas. A parada na Estação da Lapa será adaptada para o BRT na estação superior do terminal, e também integrará com o metrô e as linhas de ônibus convencionais.

O valor máximo que irá constar no edital para a realização da obra será de R$311 milhões, montante que, como aconteceu no primeiro trecho, deverá cair significativamente após deságio. “No primeiro trecho do BRT, que já está com obras avançadas, entre o Parque da Cidade e a região do Shopping da Bahia, o montante máximo era de R$377 milhões, mas no final o valor ficou em R$212 milhões”, disse o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, lembrando que os recursos são provenientes do Orçamento Geral da União (OGU) e financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

“Essa é uma obra importantíssima para a mobilidade da cidade, ligando os centros antigo e moderno de Salvador, onde estão concentrados boa parte do número de empregos da capital baiana. O trajeto entre a Lapa e a região do Shopping da Bahia será feito de forma muito mais rápida, passando por onde o metrô não circula, beneficiando diretamente 340 mil pessoas que dependem do transporte público diariamente para se locomover nesse trecho”, acrescentou Bruno Reis.

O trajeto do BRT vai ligar a Lapa à estação metroviária na região do Shopping da Bahia passando pela Vasco da Gama e Juracy Magalhães, onde se unirá ao primeiro trecho que está em obras, na Avenida ACM, na altura do Parque da Cidade. Ou seja, é um percurso totalmente diferente do que é feito pelo metrô, que passa pela Avenida Mario Leal Ferreira. “O BRT, o metrô e os ônibus convencionais serão complementares e atuarão de forma integrada, inclusive com a cobrança da mesma tarifa”, explicou Bruno Reis.

Somando os dois trechos, os corredores exclusivos do novo modal, que também terá pistas expressas para automóveis e ciclovia, possuem 10km de extensão. “Os veículos do BRT terão capacidade para transportar 31 mil passageiros por dia e redução do tempo de até 42% em relação ao ônibus comum. Será um avanço histórico na mobilidade e no transporte público da cidade, beneficiando inúmeros bairros no entorno dos corredores”, declarou o secretário de Mobilidade, Fábio Mota.

Crédito: Divulgação/Secom