Natal de Luz movimenta a economia de Camaçari

0

O Natal de Luz de Camaçari chegou ao seu terceiro fim de semana. E como vem acontecendo nas edições anteriores, a sexta, o sábado e o domingo foram de casa cheia. O público curtiu os três dias com muita música, apresentações culturais e, claro, o cenário encantado que vem reativando o espírito natalino de quem passa pela Praça Abrantes.

Quem também está curtindo o Natal de Luz na Praça Abrantes, mas de uma forma diferente, são os comerciantes informais, que estão podendo comercializar seus produtos, de forma legal, durante os dias de evento. “O Natal aqui está sendo ótimo. Minha renda melhorou bastante, todo dia eu estou aqui. Seria bom até se tivesse em outros lugares além da praça. Aqui está nota 10”, conta a vendedora ambulante Rosângela dos Santos

Para o vendedor de brinquedos, Ricardo Santos, o Natal de Luz é a grande oportunidade para alavancar as vendas. “Normalmente eu fico em outra praça, mas por conta da programação de natal realizada pela prefeitura, eu acabei vindo para a Abrantes porque o movimento está bem maior. A iluminação e todos os atrativos acabam trazendo muitas famílias, com isso, meus produtos também acabam ficando mais em evidência”, pontua.

Mas não só os comerciantes aproveitaram os dias de festa o público curtiu a programação, que também foi destaque no Natal de Luz. A sexta-feira deu início ao fim de semana e contou com uma grade de atrações que começou com a premiação do 3º Concurso de Cartões Natalinos da sede. Na sequência teve a Orquestra Sinfônica da Cidade do Saber – Concerto Rapsodias, Coral Cantarolando, Ceza e Vozes da Sesab Salvador, e por fim o show da banda Matutos In Cuba, que levou a salsa cubana para a praça

A programação natalina acontece até o dia 7 de janeiro, de sexta a domingo, das 18h às 22h, com apresentação de fanfarras, encontro de corais, shows de artistas locais e programações infantis. O Natal de Luz é uma realização da prefeitura, através das Secretarias de Governo (Segov), por meio da Coordenação de Eventos, dos Serviços Públicos (Sesp) e da Cultura (Secult).

Crédito: Daniel Fonseca/PMC