INSS faz acordo para reduzir filas por benefícios

0
Brasília - Após mais de quatro meses de paralisação, médicos peritos do INSS retornaram hoje (25) ao trabalho com atendimento exclusivo para perícia inicial (Valter Campanato/Agência Brasil)

Bruna Santos

Para colocar um ponto final nas filas de espera por benefícios previdenciários,a Advocacia-Geral da União (AGU), o Ministério Público Federal (MPF) e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) assinaram um acordo para reduzir os prazos de análises dos pedidos dos segurados.

As principais medidas do acordo são: em relação ao pedido de auxílio-doença, a análise da solicitação será de até 45 dias. Para a pensão por morte, o prazo será de 60 dias; e para salário-maternidade, até 30 dias.

Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil