Baía de Todos-os-Santos completa 519 anos

0

A Baía de Todos-os-Santos, que banha Salvador e cidades do Recôncavo Baiano, faz aniversário no dia 1º de novembro. São 519 anos desde que uma expedição comandada por Gaspar de Lemos, e que trazia o cartógrafo Américo Vespúcio, batizou-a com esse nome, em reverência à tradição católica de celebrar na data o Dia de Todos os Santos.

Se a idade é avançada, a Baía de Todos-os-Santos, por outro lado, renova-se com obras de infraestrutura náutica que valorizam sua vocação turística, cultural e histórica. Promovidas pelo Prodetur Nacional Bahia – programa desenvolvido pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) com financiamento do BID e contrapartida do Governo do Estado –, as intervenções, em número de 12, estão distribuídas em localidades estratégicas que permitem uma roteirização náutica confortável e mais segura para uma melhor apreciação de sua bela costa litorânea.

São atracadouros, marinas, bases náuticas e terminais turísticos que estão sendo requalificados para que recebam com melhor estrutura o fluxo de embarcações e turistas, cuja circulação deverá aumentar significativamente a partir destas intervenções. A previsão é que todas estejam concluídas até o final de março de 2021.

Em Salvador, as obras acontecem em dois pontos. No Solar do Unhão (Avenida Contorno), que abriga o Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM-BA, está sendo reconstruído o atracadouro, que ganha estrutura moderna. O Prodetur aproveitou também para reconstruir o antigo restaurante de gastronomia baiana, muito frequentado por turistas, que havia no local.

 

Crédito: Tatiana Azeviche/Setur