Salvador é pioneira na elaboração de um plano contra as mudanças climáticas

0

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), promoveu mais um encontro para debater o Plano Municipal de Adaptação e Mitigação às Mudanças Climáticas, que teve seus trabalhos iniciados durante a Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança do Clima, em agosto de 2019. O evento ocorreu no Teatro Gregório de Mattos e contou com a presença do prefeito ACM Neto e de estudiosos ambientais, representantes de instituições ecológicas e também da sociedade civil.

O documento deverá ser concluído no primeiro semestre de 2020 e precisará do forte envolvimento da população de Salvador. Ao todo, serão realizados 15 eventos voltados para divulgação de informações e engajamento. “O plano vem no contexto de uma série de medidas que a Prefeitura vem adotando na agenda de sustentabilidade. Já era um desejo antigo, desde que Salvador entrou no C40 e criou a estratégia de resiliência”, disse ACM Neto.

” A previsão é que tudo isso fosse consolidado e chegasse à maturidade justamente com a elaboração deste plano, que tem um viés de mobilização da sociedade e de definição de metas claras para os próximos anos. Nosso desejo é que, em 2049, ao completar 500 anos de fundação, Salvador tenha garantido a neutralidade na emissão do gás carbônico, o que é uma meta ambiciosa, pois envolve investimentos em várias áreas, dependendo da união do poder público, das instituições, da sociedade e do cidadão”, acrescentou o prefeito.

Ele disse que o plano qualificará os quadros da Prefeitura para que essas metas sejam atingidas, visto que Salvador assumiu, no Brasil, o protagonismo de defesa das medidas que possam mitigar e adaptar as cidades aos efeitos das mudanças do clima, fato que é reconhecido por organizações como a ONU, por exemplo. 

A elaboração do plano envolve recursos da ordem de US$ 600 mil, resultado de financiamento do C40, do BID, a partir do Prodetur. “São quase R$ 2 milhões destinados a este projeto, que reunirá as principais cabeças do Brasil, algumas das quais presentes aqui neste primeiro ato. A ideia é ter um plano completo e uma visão de médio a longo prazo para a cidade”, reforçou o prefeito.

Crédito: Max Haack/Secom